Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Andarilhos que estavam morando na Barra Sul terão que se mudar

Moradores reclamam que eles bebem e tiram o sossego de quem passa pelo local

Quinta, 2/6/2016 10:28.
BC Mil Grau

Publicidade

Um grupo de seis andarilhos estava praticamente residindo na Barra Sul de Balneário Camboriú. Inclusive colocaram até suas roupas para tomar um banho de sol em uma rede de vôlei. A imagem repercutiu nas redes sociais. Para coibir isso, o Resgate Social e a Guarda Municipal fizeram uma operação no local, na madrugada desta quinta-feira (2).

Moradores da localidade denunciaram recentemente que os mendigos ficavam lá boa parte do tempo, tirando o sossego alheio porque bebiam e brigavam entre eles, porém o ápice foi o varal de roupas.

O diretor do Resgate, Paulo Roberto de Souza, o Paulão, conta que costumam ir frequentemente no local, mas que nesta madrugada fizeram uma operação especial no ponto, junto da GM. “Fomos às 2h30 e conversamos com os seis homens que lá estavam. Explicamos que eles não podem pendurar roupas e nem permanecer no local como andam fazendo”, relatou. Os andarilhos entenderam e se retiraram da Barra Sul, mas as rondas da Guarda e do Resgate vão continuar, porque eles tendem a voltar para lá.

Paulão destaca que os mendigos são conhecidos do Resgate e que já receberam toda a ajuda que o departamento pode dar. “Eles são moradores fixos de nossas ruas. Já oferecemos passagem rodoviária, documentos, abrigo na Casa de Passagem e reabilitação, mas eles preferem ficar na rua. Eles gostam da facilidade de ficar bebendo entre amigos, pedindo e ganhando esmola”, afirma.

Por isso, o diretor pede que o público não dê colchão, comida, panelas e outros itens aos andarilhos e sim chame o Resgate Social. O departamento atua 24h todos os dias, até nos domingos e feriados.

O contato pode ser feito pelos telefones 8839-7075 ou 3361-7813.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
BC Mil Grau

Andarilhos que estavam morando na Barra Sul terão que se mudar

Moradores reclamam que eles bebem e tiram o sossego de quem passa pelo local

Publicidade

Quinta, 2/6/2016 10:28.

Um grupo de seis andarilhos estava praticamente residindo na Barra Sul de Balneário Camboriú. Inclusive colocaram até suas roupas para tomar um banho de sol em uma rede de vôlei. A imagem repercutiu nas redes sociais. Para coibir isso, o Resgate Social e a Guarda Municipal fizeram uma operação no local, na madrugada desta quinta-feira (2).

Moradores da localidade denunciaram recentemente que os mendigos ficavam lá boa parte do tempo, tirando o sossego alheio porque bebiam e brigavam entre eles, porém o ápice foi o varal de roupas.

O diretor do Resgate, Paulo Roberto de Souza, o Paulão, conta que costumam ir frequentemente no local, mas que nesta madrugada fizeram uma operação especial no ponto, junto da GM. “Fomos às 2h30 e conversamos com os seis homens que lá estavam. Explicamos que eles não podem pendurar roupas e nem permanecer no local como andam fazendo”, relatou. Os andarilhos entenderam e se retiraram da Barra Sul, mas as rondas da Guarda e do Resgate vão continuar, porque eles tendem a voltar para lá.

Paulão destaca que os mendigos são conhecidos do Resgate e que já receberam toda a ajuda que o departamento pode dar. “Eles são moradores fixos de nossas ruas. Já oferecemos passagem rodoviária, documentos, abrigo na Casa de Passagem e reabilitação, mas eles preferem ficar na rua. Eles gostam da facilidade de ficar bebendo entre amigos, pedindo e ganhando esmola”, afirma.

Por isso, o diretor pede que o público não dê colchão, comida, panelas e outros itens aos andarilhos e sim chame o Resgate Social. O departamento atua 24h todos os dias, até nos domingos e feriados.

O contato pode ser feito pelos telefones 8839-7075 ou 3361-7813.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade