Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Moradores denunciam descaso com obra do Canal do Marambaia

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fotos Renata Rutes/Página 3

Quinta, 7/7/2016 11:29.

Moradores de um edifício da Rua 2.001, que fica ao lado do Canal do Marambaia, denunciaram ao Página 3 a situação que vivem há quatro anos, quando a prefeitura iniciou uma obra no local e jamais terminou. Na última semana, a reportagem foi até o local junto do secretário de Obras, Artílio Catafesta.

A moradora Leila Malte Borba explica que a prefeitura passou uma draga para fazer um canal e abandonou tudo. Ela e seus vizinhos participaram de uma audiência pública em fevereiro de 2010, e nesta ocasião ficou acertado que o local seria despoluído e canalizado, mas isto nunca aconteceu.

“Eles fizeram apenas uma parte da obra, o que fez o nível da água baixar e está causando o desmoronamento da vegetação, que segura o nosso condomínio. Nossa sugestão é que seja feito um gabião para segurar”, diz.

Fedentina

Outro problema que os condôminos enfrentam é o mau cheiro,que toda vizinhança reclama há anos. O morador Valcir Schmidt também acompanhou a reportagem e conta que as obras no local foram feitas em quatro etapas, mas nunca finalizadas.

“Eles vêm, fazem um pouco e param... Já entramos em contato com a prefeitura diversas vezes, ainda na época em que o secretário de Planejamento era o Auri Pavoni. Também falamos com um outro funcionário e todos sempre prometeram retornar contato, mas nunca nos deram uma resposta. Não aguentamos mais”, informa.

Os dois consideram que o descaso da prefeitura com eles é ‘ absurdo’ e salientam que pagam IPTU e que gostariam que esse valor fosse usado para essa obra. “68 famílias esperam uma resposta que nunca foi dada. Eu, por exemplo, apoiei o prefeito Edson Dias, e agora nem consigo uma hora para falar com ele. É absurdo. Eles (governo municipal) precisam saber que o povo está com os olhos abertos”, comenta Leila.

O secretário Artílio escutou as reivindicações e concorda que o caso é urgente e que precisa ser resolvido logo. “A secretaria de Obras executa, por isso precisaremos de um mandado do Planejamento”, diz.

Ele prometeu que irá se interar junto ao governo para saber de que forma pode auxiliar e se preciso fará um laudo com a Defesa Civil. “Vou procurar o engenheiro do Planejamento Urbano e darei uma resposta aos moradores o quanto antes”, afirma.

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Educação

A comunidade de toda região está convidada para opinar


Eleições

Defendo congelar salários e vantagens dos deputados por 10 anos


Eleições

Ele é surdo e por isso conhece as dificuldades enfrentadas por pessoas em situação semelhante 


Eleições

Em entrevista ao Página 3 ele conta que quer ser deputado do empreendedorismo


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade