Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Camelódromo da Matriz está sendo repaginado

Terça, 19/7/2016 8:58.

O Camelódromo da Igreja Matriz está mudando de imagem e próximo de completar 30 anos que serão comemorados em novembro adotou uma marca, a primeira da sua existência.

A direção do condomínio está tratando de maneira profissional aquele que é um dos principais centros comerciais da cidade, com 280 lojas onde trabalham 600 pessoas.

“Temos responsabilidades porque o Camelódromo é uma das principais ferramentas turísticas da cidade”, destacou o síndico Nelson Oliveira.
O público do local é alavancado pela Igreja Matriz que aos finais de semana recebe mais de 9.000 fiéis distribuídos em várias missas.

Representantes da igreja e do Camelódromo avançam na ideia que será levada a discussão com a comunidade de cobrir a Rua 1520, tornando o espaço uma grande praça pública.

A cobertura do Camelódromo em si, como se fosse um grande galpão, para tornar todo o ambiente mais confortável, está em discussão. Com isso seria possível melhorar o aproveitamento da água da chuva e implantar sistema de energia solar.

Festa

No próximo dia 23 acontecerá no local, durante a tarde, a Festa Julina do Camelódromo, aberta ao público.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Camelódromo da Matriz está sendo repaginado

Terça, 19/7/2016 8:58.

O Camelódromo da Igreja Matriz está mudando de imagem e próximo de completar 30 anos que serão comemorados em novembro adotou uma marca, a primeira da sua existência.

A direção do condomínio está tratando de maneira profissional aquele que é um dos principais centros comerciais da cidade, com 280 lojas onde trabalham 600 pessoas.

“Temos responsabilidades porque o Camelódromo é uma das principais ferramentas turísticas da cidade”, destacou o síndico Nelson Oliveira.
O público do local é alavancado pela Igreja Matriz que aos finais de semana recebe mais de 9.000 fiéis distribuídos em várias missas.

Representantes da igreja e do Camelódromo avançam na ideia que será levada a discussão com a comunidade de cobrir a Rua 1520, tornando o espaço uma grande praça pública.

A cobertura do Camelódromo em si, como se fosse um grande galpão, para tornar todo o ambiente mais confortável, está em discussão. Com isso seria possível melhorar o aproveitamento da água da chuva e implantar sistema de energia solar.

Festa

No próximo dia 23 acontecerá no local, durante a tarde, a Festa Julina do Camelódromo, aberta ao público.

Publicidade

Publicidade