Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Inauguração da Passarela da Barra marcada para 7 de setembro
Waldemar Cezar Neto/Página 3
Obra levou ao congelamento dos bens do prefeito.

Terça, 30/8/2016 11:17.

Após três anos de atraso, a Passarela da Barra deverá finalmente ser inaugurada. O prefeito Edson Renato Dias anunciou via redes sociais que a entrega acontecerá no dia 7 de setembro.

"Depois de 52 anos de promessas e mais promessas, o nosso Povo e a nossa Gente vão receber um grande presente que servirá de meio de transporte e também será um Equipamento Turístico, que ligará a região central ao primeiro bairro da cidade que abrigará o Mercado Público, Mercado do Peixe e a Carreira do Pescador, transformando o bairro da Barra verdadeiramente em um Centro Histórico e Cultural", declarou Piriquito, ressaltando que a obra será a "liberação" da região sul do isolamento.

Relembre

A obra da Passarela foi iniciada em 2012 e tinha previsão de entrega para o ano seguinte. O orçamento inicial era de R$ 25 milhões e hoje já passa dos R$ 32 milhões, mas o valor exato de dinheiro público investido ainda não está claro.

A Operação Trato Feito, deflagrada em 2014 pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), revelou uma roubalheira generalizada, o que levou à saída da empresa Helpcon e a paralisação dos trabalhos. Só em 2016 a obra foi retomada, mediante novas licitações.

Por causa dessa obra os bens do prefeito Edson Piriquito estão bloqueados e na semana passada o Tribunal de Contas do Estado juntou um novo elemento ao escândalo apontando superfaturamento de R$ 8,5 milhões, em valor atualizado, à estrutura metálica da Passarela. 

 Na semana passada um novo aditivo foi liberado, de pouco mais de R$ 365 mil, para colocar os elevadores em funcionamento. Esses elevadores deram o que falar. As autoridades desconfiam que quando a roubalheira na obra rodava a todo o vapor foram simuladas alterações no projeto para criar um aditivo frio, que pode ter rendido mais de R$ 1 milhão em dinheiro de hoje.

Novidades e pedidos de voto

Pelas redes sociais, o prefeito também anuncia obras complementares, no entorno da Passarela, na revitalização da Praça da Barra e no preparo do terreno para construção do Mercado Público, Mercado do Peixe e a Carreira do Pescador.

Não coincidentemente, a Passarela será entregue um mês antes da eleição. Apesar de ter se tornado o maior símbolo de corrupção que a praia já viu, Piriquito está aproveitando a entrega do equipamento para fazer campanha para seus candidatos à prefeitura.

"Tem gente que prometeu, teve oportunidade durante 20 longos anos e não fez...Nós não prometemos e Fizemos", escreveu.

Veja o vídeo de Piriquito:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Inauguração da Passarela da Barra marcada para 7 de setembro

Waldemar Cezar Neto/Página 3
Obra levou ao congelamento dos bens do prefeito.
Obra levou ao congelamento dos bens do prefeito.
Terça, 30/8/2016 11:17.

Após três anos de atraso, a Passarela da Barra deverá finalmente ser inaugurada. O prefeito Edson Renato Dias anunciou via redes sociais que a entrega acontecerá no dia 7 de setembro.

"Depois de 52 anos de promessas e mais promessas, o nosso Povo e a nossa Gente vão receber um grande presente que servirá de meio de transporte e também será um Equipamento Turístico, que ligará a região central ao primeiro bairro da cidade que abrigará o Mercado Público, Mercado do Peixe e a Carreira do Pescador, transformando o bairro da Barra verdadeiramente em um Centro Histórico e Cultural", declarou Piriquito, ressaltando que a obra será a "liberação" da região sul do isolamento.

Relembre

A obra da Passarela foi iniciada em 2012 e tinha previsão de entrega para o ano seguinte. O orçamento inicial era de R$ 25 milhões e hoje já passa dos R$ 32 milhões, mas o valor exato de dinheiro público investido ainda não está claro.

A Operação Trato Feito, deflagrada em 2014 pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), revelou uma roubalheira generalizada, o que levou à saída da empresa Helpcon e a paralisação dos trabalhos. Só em 2016 a obra foi retomada, mediante novas licitações.

Por causa dessa obra os bens do prefeito Edson Piriquito estão bloqueados e na semana passada o Tribunal de Contas do Estado juntou um novo elemento ao escândalo apontando superfaturamento de R$ 8,5 milhões, em valor atualizado, à estrutura metálica da Passarela. 

 Na semana passada um novo aditivo foi liberado, de pouco mais de R$ 365 mil, para colocar os elevadores em funcionamento. Esses elevadores deram o que falar. As autoridades desconfiam que quando a roubalheira na obra rodava a todo o vapor foram simuladas alterações no projeto para criar um aditivo frio, que pode ter rendido mais de R$ 1 milhão em dinheiro de hoje.

Novidades e pedidos de voto

Pelas redes sociais, o prefeito também anuncia obras complementares, no entorno da Passarela, na revitalização da Praça da Barra e no preparo do terreno para construção do Mercado Público, Mercado do Peixe e a Carreira do Pescador.

Não coincidentemente, a Passarela será entregue um mês antes da eleição. Apesar de ter se tornado o maior símbolo de corrupção que a praia já viu, Piriquito está aproveitando a entrega do equipamento para fazer campanha para seus candidatos à prefeitura.

"Tem gente que prometeu, teve oportunidade durante 20 longos anos e não fez...Nós não prometemos e Fizemos", escreveu.

Veja o vídeo de Piriquito:

 

Um vídeo publicado por Edson Piriquito (@edsonpiriquito) em

Publicidade

Publicidade