Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Andarilho morre afogado na Praia Central

Quinta, 11/8/2016 9:43.

Um andarilho de 48 anos faleceu na tarde de quarta-feira (10), vítima de um afogamento na Praia Central de Balneário Camboriú, nas proximidades da Rua 4.500. Itamar Machado fazia parte do grupo de andarilhos que costumavam ocupar as canoas que existem no local. Eles ficaram conhecidos por fazerem um varal de roupas em uma rede de vôlei.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o caso aconteceu às 17h. Itamar entrou na água e se afogou. Ele chegou a ser salvo pelos bombeiros e foi encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, mas faleceu quando estava entrando no local. Os bombeiros informaram ainda que ele era natural de Caxambu do Sul, município pequeno que fica no Oeste de Santa Catarina.

O Instituto Médico Legal (IML) foi procurado e confirmou que atendeu a ocorrência, mas um funcionário disse que não possui autorização para informar mais detalhes sobre o caso.

Resgate Social

O diretor do Resgate Social, Paulo Roberto de Souza, ficou sabendo do fato pela reportagem do Página 3. Ele informou que Itamar é conhecido do departamento e que nunca quis ir para a Casa de Passagem, espécie de albergue para os mendigos.

“Ele estava a algum tempo nas ruas de Balneário. Veio para a cidade em busca de parentes, mas acabou virando um andarilho. Nós chegamos a dar uma passagem rodoviária para ele ir para Chapecó em junho do ano passado, mas ele continuou nas ruas”, explicou.

Paulo comentou ainda que Itamar era morador fixo das ruas de BC e que era alcoólatra.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Andarilho morre afogado na Praia Central

Quinta, 11/8/2016 9:43.

Um andarilho de 48 anos faleceu na tarde de quarta-feira (10), vítima de um afogamento na Praia Central de Balneário Camboriú, nas proximidades da Rua 4.500. Itamar Machado fazia parte do grupo de andarilhos que costumavam ocupar as canoas que existem no local. Eles ficaram conhecidos por fazerem um varal de roupas em uma rede de vôlei.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o caso aconteceu às 17h. Itamar entrou na água e se afogou. Ele chegou a ser salvo pelos bombeiros e foi encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, mas faleceu quando estava entrando no local. Os bombeiros informaram ainda que ele era natural de Caxambu do Sul, município pequeno que fica no Oeste de Santa Catarina.

O Instituto Médico Legal (IML) foi procurado e confirmou que atendeu a ocorrência, mas um funcionário disse que não possui autorização para informar mais detalhes sobre o caso.

Resgate Social

O diretor do Resgate Social, Paulo Roberto de Souza, ficou sabendo do fato pela reportagem do Página 3. Ele informou que Itamar é conhecido do departamento e que nunca quis ir para a Casa de Passagem, espécie de albergue para os mendigos.

“Ele estava a algum tempo nas ruas de Balneário. Veio para a cidade em busca de parentes, mas acabou virando um andarilho. Nós chegamos a dar uma passagem rodoviária para ele ir para Chapecó em junho do ano passado, mas ele continuou nas ruas”, explicou.

Paulo comentou ainda que Itamar era morador fixo das ruas de BC e que era alcoólatra.

Publicidade

Publicidade