Portão de casa no centro de Balneário foi furtado: vítima colocou tapume ‘em protesto’

Uma moradora da Rua 2.500, quase na Avenida Brasil de Balneário Camboriú, teve o portão de sua casa furtado na madrugada de sábado (17). Como forma de ‘protesto’ ela colocou um tapume e fez uma pichação pedindo por mais segurança. O furto de portões é recorrente na cidade, principalmente em prédios, já que usuários de drogas conseguem trocar o alumínio e assim sustentar o vício.

Uma leitora do Página 3, que preferiu não se identificar, informou que mora em um prédio próximo da casa onde ocorreu o furto. No local reside a filha da proprietária, uma idosa que recentemente se mudou para Blumenau. A moradora da casa estava viajando quando o furto aconteceu, na madrugada de sábado, mas retornou e pela manhã colocou o tapume, que diz ‘resultado da segurança pública’. O objetivo foi exatamente chamar a atenção da mídia e do governo municipal.

A leitora e vizinha da vítima disse que quando a viu instalando o tapume pensou que estavam trocando o portão e não que ela havia sido furtada.

“Levaram o portão inteirinho. Esses tempos atrás já haviam levado o portão da lixeira de outro prédio aqui do lado, está uma loucura. Que roubam as portas das lixeiras dos prédios eu sabia, mas portão de casa? Os ladrões estão se superando, algo precisa ser feito”, afirma.