Lucas Gotardo, do Novo, foi o vereador mais votado de Balneário Camboriú

Lucas quase não conseguiu se eleger, apesar de mais votado

Lucas Gotardo, do Partido Novo, foi o candidato a vereador mais votado em Balneário Camboriú, com 1220 votos.

“Foi uma campanha difícil, feita com apoio de voluntários, sem nenhum centavo de fundo eleitoral. 98% dos contatos que eu fiz foram pela internet por causa da pandemia, sem falar na concorrência enorme e estruturada financeiramente. Vencer todas essas adversidades e ainda sair com um resultado desse significa muito. Não tenho palavras, só muito obrigado”, declarou Gotardo.

Esta foi a primeira vez que o Partido Novo disputou eleições municipais em Santa Catarina. Apenas seis cidades catarinenses, entre elas Balneário Camboriú, conseguiram se estruturar dentro dos requisitos da sigla, como ter no mínimo 150 filiados ativos.

“O Novo enfrentou gigantes, apresentando os pilares do partido nas ruas, em uma campanha cidadã e exemplar. Essa vitória é nossa, é coletiva, de todos os candidatos, filiados e apoiadores do Novo. O mandato estará sempre aberto para construirmos juntos e lutarmos por uma Balneário Livre, de verdade”, complementou Gotardo.

O Partido Novo foi o único partido do país a recusar o uso de fundo partidário, porque defende que campanhas políticas devam ser custeadas pelos próprios candidatos e não com dinheiro vindo dos impostos.

456 votos decisivos

O vereador mais votado em Balneário Camboriú quase não conseguiu se eleger porque seu partido, o Novo, superou por pouco o quociente eleitoral, a quantidade mínima de votos para assegurar uma vaga na Câmara.

Foram cerca de 450 votos acima do quociente eleitoral, porque a chapa de candidatos do Novo não tinha a força de outros concorrentes, o que mostra que Lucas se elegeu principalmente por sua atuação como vereador nos últimos quatro anos, parte dos quais na oposição ao prefeito Fabrício Oliveira.