Farinhada e Pesca da Tainha integram o banco de imagens da cidade

“Saberes e Fazeres de Balneário Camboriú” é o tema das fotografias de Flávio Fernandes que entraram para o acervo

Dando enfoque aos saberes e fazeres de Balneário Camboriú, o fotógrafo Flávio Fernandes, da Praia do Estaleiro, foi contemplado com a Lei Emergencial Aldir Blanc para contribuir com o banco de imagens da Fundação Cultural. Flávio selecionou 20 fotografias de su autoria, em preto e branco, que retratam a cultura da farinhada e da pesca da tainha, tradições antigas da cidade que merecem ser valorizadas e documentadas.

Morador das praias agrestes há anos, o fotógrafo desenvolveu uma relação próxima das culturas tradicionais e acompanha a farinhada e a pesca da tainha em todas as temporadas, registrando em imagens a prática ancestral, porém cada vez mais rara no litoral catarinense. O engenho de farinha em Taquaras, por exemplo, onde Flávio criou o livro Rodar do Engenho, é o último ativo em toda a região de Balneário Camboriú, que tinha inúmeros pontos para o fazer tradicional. Com a ideia de valorizar e documentar a história e a cultura da cidade, o fotógrafo segue registrando e criando projetos a fim de trazer luz e visibilidade para esses saberes e fazeres originais.

O PROJETO
O Banco de Imagens Saberes e Fazeres, de Flávio Fernandes, selecionou 20 fotografias preto e branco feitas nas praias agrestes em Balneário Camboriú (dez que registram a farinhada e dez que registram a pesca da tainha). As fotos estão sendo tratadas digitalmente e serão entregues até o fim de Fevereiro de 2021. O projeto contou com recursos da Lei Emergencial Aldir Blanc de fomento à cultura.

O AUTOR
Flavio Fernandes, 44, é nascido em São Paulo e graduado em fotografia pela escola Panamericana de Artes – SP. Fotógrafo profissional e produtor cultural, desenvolve trabalho autoral e atua nas áreas da fotografia de arquitetura e banco de imagens. É um dos organizadores do BC Foto Festival, coordenador no NEFA BC (Núcleo de Estudos em Fotografia e Arte de Balneário Camboriú), e autor do livro Rodar do Engenho, que retrata a cultura da farinhada na praia de Taquaras (BC). Flávio é proprietário do estúdio Brasil Imagens, na praia do Estaleiro.