Escalda pés, uma cultura milenar

Luciana Andréa

Escalda pés, uma receita antiga simples e eficaz para auxiliar no equilíbrio do corpo. De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) nos pés estão os pontos nervosos que estão associados aos diversos órgãos do corpo humano.

O escalda pés, assim como a sauna e a hidroterapia ou o ofurô, é uma cultura milenar, praticada desde a Grécia e Roma Antiga, nos banhos públicos, que promoviam encontros sobre temas políticos e sociais.

Mas os escalda pés são na verdade um ritual de purificação e conexão com a essência do corpo e da alma. Além disso, o escalda pés elimina toxinas através da pele, sendo indicado para tratar estresse, nervosismo, micoses, dores nas pernas, cansaço, frieiras, problemas de circulação, calos, gripes, resfriados, insônia e muitos outros males.

São muitas as flores e ervas que podem servir de matéria-prima, basta escolher a que mais te agrada ou corresponde com o benefício que você busca, como camomila, lavanda, alecrim, erva doce, entre outras.

Sabe quando sua mãe ou avó dizia: “Vamos aquecer os pés?”

Então, manter os pés quentinhos não é papo chato de avó, não! É papo sábio de avó! Sabe por quê?

Nos rins mora a nossa energia ancestral, energia que não se repõe, só se esvai. Preservamos essa energia mantendo os pés sempre quentes, pois os meridianos dos rins (raízes) começam nas solas dos pés, e o excesso de frio causa a deficiência dessa energia (desarmonizando rins, bexiga, e a emoção diretamente ligado a este elemento/órgão: o medo).

O calor nos pés proporciona vitalidade.

Não obstante, o excesso de umidade nos pés gera umidade no baço-pâncreas, ocasionando peso nas pernas, coágulos e cólicas durante a menstruação.

O baço-pâncreas (elemento terra) também é responsável pelo sistema de defesa e harmonia do nosso corpo físico, o calor nos pés ajuda a equilibrar a umidade e fortalece este elemento.

Nossa extremidade inferior tende a ser mais fria pois recebe o yin da terra, enquanto nossa extremidade superior é mais quente por isso recebe yang do céu/sol.

O escalda pés ajuda nessa subida de energia yin e descida de energia yang, fazendo um movimento fluído, o que quer dizer: saúde.

Os escalda-pés aliviam a alma e liberam toxinas, sentimentos, angústia e ansiedade.

Como fazer um escalda pés

Separe ervas numa bacia

Calmantes:

  • camomila
  • erva doce
  • lavanda

Estimulantes:

  • alecrim
  • hortelã

De limpeza:

  • manjericão
  • arruda
  • Guiné
  • sálvia
  • NÃO misture ervas calmantes com ervas estimulantes!

Pode usar outras ervas, óleo e essências ou flores, que você sentir conexão.

Coloque um pouquinho de sal grosso para potencializar o efeito.

Ferva água, despeje lentamente sobre as ervas e quando a temperatura estiver agradável mergulhe seus pés e permaneça assim de 15 a 20 minutos, antes que a água esfrie completamente.

Aproveite para beber um chá enquanto os pés estão na bacia e colocar uma música de aconchego.

É importante secar bem os pés, colocar meias e não tomar friagem depois do escalda pés.

A Banho de Mato, prepara com muito amor escalda-pés personalizados em diferentes versões, que são fruto de estudos das propriedades terapêuticas e energéticas das plantas, ervas medicinais e óleos essenciais, com bases de muito amor e sal rosa do Himalaia ou sal negro, integrando fitoterapia, fitoenergia e aromaterapia.

Cada combinação trabalha emoções diferentes, dependendo da intenção e propósito desejados. Vêm em embalagens de diversos tamanhos que rendem de 2 a 10 Escalda-pés e podem ser adquiridas avulsa ou em kits com bacia, toalha ou outros produtos naturais. O uso regular intensifica o resultado.

Você pode encontrar a Banho de Mato no Instagram @Banho.de.mato ou no Whatsapp 47) 99997.8889

Luciana Andréa é naturista, adepta das práticas de terapias naturais e cursando práticas terapêuticas