Balneário Camboriú terá toque de recolher e entrou em estado gravíssimo

Doença saiu de controle no Estado por mal comportamento social de parcelas da população e covardia de prefeitos

Balneário Camboriú evoluiu do estado grave para gravíssimo da pandemia de covid-19 e terá toque de recolher diariamente das 23h às 5h.

Praticamente toda Santa Catarina está em situação gravíssima e além do toque de recolher, por decisão do governador Carlos Moisés, máscaras serão obrigatórias em todos os ambientes, exceto nas residências.

Nas cidades onde existe, o transporte coletivo está mantido, mas com 70% da capacidade.

As medidas, após a publicação do decreto, valerão para todo o Estado por um período de 15 dias.

Essas medidas parecem brandas considerando o avanço da pandemia que em uma semana produziu 6.545 novos casos e 325 mortes.

DOENÇA AVANÇA

No boletim do início da noite de quarta-feira, Balneário Camboriú registrou nas últimas 24 horas mais uma morte, 143 novos casos da doença, 1.218 doentes ativos, 27 leitos de UTI disponíveis (sobram 3) no Ruth Cardoso e 19 pacientes em enfermaria.

Em Itajaí houve mais duas mortes, 92 novos doentes, 1.306 em tratamento, 53 internados na UTI (sobram 7 leitos) e 26 casos em isolamento.

Nas duas cidades a doença saiu de controle por mal comportamento social de parcelas da população e covardia dos prefeitos que omitiram para tomar providências.