Argentina fecha acordo com credores para reestruturação de dívida

Por Sergio Caldas

A Argentina e seus três principais grupos de credores privados chegaram a um acordo para a reestruturação de dívida que garantirá um “alívio significativo” ao país, segundo comunicado divulgado pelo Ministério de Economia na madrugada desta terça-feira, 4.

Pelo acordo, que envolve o Grupo Ad Hoc de Bonistas Argentinos, o Comitê de Credores da Argentina e o Grupo de Bonistas del Canje e outros detentores de dívida, o governo “ajustará algumas das datas de pagamento” dos novos bônus estabelecidas na oferta de troca anunciada em 6 de julho.

Para que o acordo se efetue e os detentores de bônus formalizem sua adesão, a Argentina estendeu a data de sua oferta de troca até 24 de agosto, na tentativa de reestruturar dívida no valor de cerca de US$ 66,2 bilhões.