Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

BNT Mercosul traz à região participantes de cinco países
Divulgação

Terça, 17/5/2016 8:13.

Capacitação profissional do agente e das operadoras, este é o principal compromisso da 22ª BNT Mercosul, que inicia nesta sexta-feira (20), trazendo cerca de sete mil profissionais do Brasil e de mais cinco países, Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai e Paraguai. Esta edição acontecerá em Balneário Camboriú, Itajaí e no Beto Carrero.

Na programação das capacitações estão inscritas 12 atividades para os agentes de turismo nos dois dias do evento, entre elas ‘Região Turística Costa Verde&Mar: pra viver dias incríveis’ , a oportunidade para conhecer o que há de mais bonito e interessante nesta região.

O consultor e estrategista digital da Agência Nuvem, Fred Perillo fará palestra sobre o impacto das novas tecnologias no turismo e o que fazer para se manter competitivo no mercado.

A Feira de Negócios será na sexta e no sábado, a partir das 15h, no Centreventos/Itajaí e a novidade desta edição, o espaço Business Center, onde as operadoras irão tratar de temas comerciais, vai acontecer no Infinity Blue, sábado pela manhã.

Esta é uma das grandes expectativas dos organizadores Jair Pasquini e Geninho Goes, para a qualificação do evento. A festa de premiação e encerramento será no Beto Carrero sábado à noite.

Apesar da situação que o país atravessa, Geninho Goes disse que foi um desafio, mas o empenho valeu a pena, porque aumentou o número de expositores trazendo até novos destinos, como República Dominicana, Santa Lucia e parques temáticos americanos como o Sea World.

“Quando vivemos uma crise econômica, o turismo passa por movimentos constantes. É alta do dólar que faz com que os brasileiros não visitem outros países, mas por outro lado aumenta o número de visitantes estrangeiros aqui. Se a classe C deixa de viajar, a classe B muda seus destinos de viagem”, disse.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Volume de resíduos não é um indicador seguro da quantidade de turistas


Policia

Praça central de Balneário Camboriú é o ponto preferido também de andarilhos e usuários 


Policia

A suspeita é que funcionários dos gabinetes da Alerj devolviam parte dos salários


Política


Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Até embarcações de pequeno porte levantam areia, depende das condições 


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

BNT Mercosul traz à região participantes de cinco países

Divulgação
Terça, 17/5/2016 8:13.

Capacitação profissional do agente e das operadoras, este é o principal compromisso da 22ª BNT Mercosul, que inicia nesta sexta-feira (20), trazendo cerca de sete mil profissionais do Brasil e de mais cinco países, Argentina, Chile, Colômbia, Uruguai e Paraguai. Esta edição acontecerá em Balneário Camboriú, Itajaí e no Beto Carrero.

Na programação das capacitações estão inscritas 12 atividades para os agentes de turismo nos dois dias do evento, entre elas ‘Região Turística Costa Verde&Mar: pra viver dias incríveis’ , a oportunidade para conhecer o que há de mais bonito e interessante nesta região.

O consultor e estrategista digital da Agência Nuvem, Fred Perillo fará palestra sobre o impacto das novas tecnologias no turismo e o que fazer para se manter competitivo no mercado.

A Feira de Negócios será na sexta e no sábado, a partir das 15h, no Centreventos/Itajaí e a novidade desta edição, o espaço Business Center, onde as operadoras irão tratar de temas comerciais, vai acontecer no Infinity Blue, sábado pela manhã.

Esta é uma das grandes expectativas dos organizadores Jair Pasquini e Geninho Goes, para a qualificação do evento. A festa de premiação e encerramento será no Beto Carrero sábado à noite.

Apesar da situação que o país atravessa, Geninho Goes disse que foi um desafio, mas o empenho valeu a pena, porque aumentou o número de expositores trazendo até novos destinos, como República Dominicana, Santa Lucia e parques temáticos americanos como o Sea World.

“Quando vivemos uma crise econômica, o turismo passa por movimentos constantes. É alta do dólar que faz com que os brasileiros não visitem outros países, mas por outro lado aumenta o número de visitantes estrangeiros aqui. Se a classe C deixa de viajar, a classe B muda seus destinos de viagem”, disse.

Publicidade

Publicidade