Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Sincomércio prorroga prazo da convenção coletiva em Balneário Camboriú

Segunda, 8/8/2016 8:31.

O Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Balneário Camboriú e Camboriú (Sincomércio) e dos Empregados do Comércio de Balneário Camboriú decidiram estender em mais um mês a negociação coletiva do piso salarial da categoria. De acordo com o presidente do Sincomércio, Hélio Dagnoni, a decisão de aumentar o prazo se deu porque os envolvidos ainda estão em negociação.

Originalmente, os trabalhadores do setor da área de abrangência dos dois sindicatos têm data-base em 1º de agosto. O presidente do Sincomércio explica que, com a decisão de prorrogar o prazo da convenção coletiva, continua valendo o acordo da convenção firmado em setembro de 2015.

Hélio acrescenta ainda que, pelo acordo, fica assegurado a todos os trabalhadores do setor o pagamento dos salários com base na convenção coletiva em vigor.

Fonte: Buriti Jornalistas Associados

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Uma das comissões legislativas é controlada pela oposição


Cidade

Governo terá que agir rápido para não ficar desarticulado


Geral

Bloqueio dos aparelhos começa em dezembro, usuários serão informados


Cidade

Balneário será a cidade mais azul de SC


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Sincomércio prorroga prazo da convenção coletiva em Balneário Camboriú

O Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Balneário Camboriú e Camboriú (Sincomércio) e dos Empregados do Comércio de Balneário Camboriú decidiram estender em mais um mês a negociação coletiva do piso salarial da categoria. De acordo com o presidente do Sincomércio, Hélio Dagnoni, a decisão de aumentar o prazo se deu porque os envolvidos ainda estão em negociação.

Originalmente, os trabalhadores do setor da área de abrangência dos dois sindicatos têm data-base em 1º de agosto. O presidente do Sincomércio explica que, com a decisão de prorrogar o prazo da convenção coletiva, continua valendo o acordo da convenção firmado em setembro de 2015.

Hélio acrescenta ainda que, pelo acordo, fica assegurado a todos os trabalhadores do setor o pagamento dos salários com base na convenção coletiva em vigor.

Fonte: Buriti Jornalistas Associados

Publicidade

Publicidade