Jornal Página 3
Política

Prefeitura ainda não divulgou quem o substituirá 


Cidade

Proibição dos fogos barulhentos visa proteção de crianças, idosos e animais. 


Cidade

Vereadores e governo perderam a oportunidade de discutir com a comunidade e melhorar a proposta 


Educação


Cultura

Shows começam às 20h e a entrada é franca


Esportes

Uma nova frente fria passará por SC nesta semana


Esportes

O circuito mostrou que veio para ficar


Esportes

Desempenho não correspondeu e será avaliado em reunião


Política


Publicidade


Publicidade

Resort de Balneário Camboriú terá programação especial para crianças e adultos


publicidade

Relator recua e mantém medida que dificulta aposentadoria de servidor

LAÍS ALEGRETTI E DANIEL CARVALHO
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), retificou a informação, divulgada mais cedo, de que havia sugerido novas mudanças nas regras para servidores públicos.

Ao retomar a apresentação de seu relatório em uma comissão da Câmara dos Deputados nesta quarta (19), Maia primeiro informou que desistiu de sugerir uma medida que dificultaria a aposentadoria integral de servidores públicos que ingressaram até 2003.

Posteriormente, afirmou que manterá no texto as regras mais duras para esses mesmos servidores.

Atualmente, funcionários públicos têm direito a paridade e integralidade - ou seja, se aposentam com um valor igual ao último salário e recebem o mesmo reajuste de quem está na ativa.

Pela versão do relatório que prevaleceu após várias idas e vindas, para terem direito à integralidade e paridade, esses servidores terão que esperar até 65 anos (homem) e 62 anos (mulher).

Questionado sobre a confusão, Maia afirmou : "Vou mandar fazer errata da errata, então."

"Precisa de 65 anos para ter integralidade, ponto final", disse o relator, salientando que, para mulher, a idade é de 62 anos.

A incoerência foi destacada pelo deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), quando o relator não estava mais na comissão. 


Quinta, 20/4/2017 6:14.


publicidade






publicidade





Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br