Criança de sete anos é encontrada vagando sozinha após maus tratos do padrasto

Imagem meramente ilustrativa

Imagem meramente ilustrativa



Na manhã desta segunda-feira (08), uma menina de sete anos foi encontrada pela Guarda Municipal andando sozinha pela Rua 3700, no centro de Balneário Camboriú. Ela contou aos guardas que estava sozinha, pois havia fugido de casa, devido a maus tratos por parte do padrasto.

 

Os guardas acionaram o Conselho Tutelar, que conduziu a situação. De acordo com a presidente do Conselho, Lourdes Falabrete, o padrasto da menina já vinha sendo monitorado, porém, toda vez que conselheiros tentavam conversar com a criança, ele estava por perto.

 

“Ontem ela resolveu fugir de casa, mas soubemos pelo próprio padrasto que essa não foi a primeira fuga, e ele nem se importa. Ela chorava para nós, dizendo que não queria mais voltar prá lá”, contou Lourdes.

 

No momento, a menor está com outros familiares, que se dispuseram a cuidar dela até a ordem e definição do juiz. “Desde ontem ela já está recebendo acompanhamento psicológico, e creio que até amanhã já tenhamos uma posição do que será feito com essa criança”, finalizou a conselheira.


Terça, 9/4/2013 10:39.


Atenção leitor: o Página3 Expresso não se responsabiliza por comentários de terceiros; as responsabilidades estão definidas no Marco Civil da Internet. Para acessar o Marco Civil clique aqui.

publicidade

publicidade

publicidade

 

Política de Privacidade - Fale Conosco - Anuncie neste site - Normas de Uso
© Copyright Página 3