Jornal Página 3
Cidade

É a primeira vez que um município pede a certificação de três praias de uma só vez.


Geral

Medidas que podem acelerar empreedimentos tramitam lentamente na burocracia pública 


Geral

Temperaturas deverão ficar acima da média


Geral

Organizadores queriam R$ 300 mil da prefeitura


Cultura

Nesta sexta e sábado


Geral

Ele foi o maior empresário de Balneário em sua época. Cidade está em luto oficial. 


Geral

Há mais de duas décadas ele circulou pela praia  


Cidade

Atitudes do poder público e da iniciativa privada podem garantir um futuro verde para a cidade


Geral


Cultura

Já foram 50 livros publicados e mais de duas décadas de coluna no Página 3


Publicidade

Leia a publicação do Convention Bureau 


publicidade

Flamengo com força total contra Chapecoense no mata-mata da Sul-Americana

PAULO BATISTELLA
(FOLHAPRESS) - O principal objetivo do Flamengo no início do ano era a conquista da Taça Libertadores. Mas a queda precoce no torneio fez de outra disputa continental uma obsessão: a Copa Sul-Americana. Nesta quarta (13), os flamenguistas terão força total para o duelo contra a Chapecoense.

A taça é vista pelos rubro-negros como uma oportunidade de amenizar as frustrações na temporada após os investimentos e favoritismo depositados no clube. A atenção à competição ficou ainda mais clara no domingo (10): Reinaldo Rueda poupou alguns de seus principais jogadores no clássico contra o Botafogo.

Agora, o Flamengo terá sua escalação considerada ideal na partida na Arena Condá, a partir das 19h15, válida pela ida das oitavas de final do torneio. O time rubro-negro será formado pelos seguintes jogadores: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Pará; Cuéllar, Arão e Diego; Berrío, Everton e Guerrero.

A importância dada à taça também foi reforçada pela preparação do Flamengo, que é idêntica a que o time adotou durante a Libertadores. O time rubro-negro viajou a Chapecó dois dias antes do jogo -e os voos de ida e volta foram fretados pelo clube.

Enquanto o Flamengo demonstra empolgação com a disputa, a preocupação maior da Chape, no momento, é fugir da crise. A equipe alviverde está na zona de rebaixamento do Brasileiro e agora sob comando de um interino contra os cariocas, já que demitiu o treinador Vinícius Eutrópio na última segunda (11). 


Quarta, 13/9/2017 6:56.




publicidade




Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br