Jornal Página 3
Geral

Estimativa foi feita pelo planejamento da prefeitura  


Cidade

É a primeira vez que um município pede a certificação de três praias de uma só vez.


Geral

Temperaturas deverão ficar acima da média


Geral


Cultura

Já foram 50 livros publicados e mais de duas décadas de coluna no Página 3


Publicidade

Leia a publicação do Convention Bureau 


publicidade

Federer volta à final e pode se isolar como o maior campeão de Wimbledon
Divulgação AELTC/Tim Clayton.

(UOL/FOLHAPRESS) - Roger Federer e Marin Cilic vão disputar a final em Wimbledon. Nesta sexta-feira (14), os tenistas venceram, respectivamente Tomas Berdych e Sam Querrey e garantiram classificação para a decisão, que será disputada no domingo (16), às 10h (de Brasília).

A vitória de Federer sobre Berdych foi por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4), 7/6 (7/4) e 6/4, Se bater Cilic, o ex-número 1 do mundo vai se isolar como maior campeão da história do torneio. O tenista tem sete títulos, assim como William Renshaw e Pete Sampras.

Além disso, o suíço pode chegar ao 19º título de Grand Slam e ampliar seu recorde como maior vencedor de campeonatos do tipo.

Federer quebrou Berdych no quinto game do primeiro set para abrir vantagem pela primeira vez. O tcheco conseguiu reagir e levou a parcial para o tie-break, mas viu o suíço vencer por 7 a 4. Sem quebras, o segundo set também foi decidido no game de desempate e também foi vencido pelo mesmo placar pelo ex-número 1 do mundo, que conseguiu um dos mais belos pontos da partida na parcial.

No terceiro set, Berdych teve dois break points no quinto game, mas viu Federer reagir, vencer e ainda quebrá-lo no sétimo. O tenista aproveitou a vantagem para vencer a parcial por 6 a 4 e fechar o jogo.

Cilic, por sua vez, venceu o norte-americano Sam Querrey, 28º, por 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (6/8), 6/4, 7/6 (7/3) e 7/5, garantindo sua classificação. Com o resultado, o croata, campeão do Aberto dos EUA em 2014, chega à sua segunda final de Grand Slam na carreira.

A partida começou com os dois tenistas tendo sucesso no saque. Sem quebras, o primeiro set foi decidido no tie-break, vencido por Querrey por 8 a 6.

A primeira quebra do jogo veio apenas no sétimo game do segundo set, quando Cilic abriu 4 a 3. O croata aproveitou a vantagem adquirida e venceu a parcial por 6 a 4.

Cilic voltou a quebrar Querrey no terceiro game do terceiro set. O americano teve seus primeiros break points da partida logo na sequência e aproveitou, empatando a parcial. Novo tie-break precisou ser disputado, e dessa vez o croata levou a melhor, vencendo por 7 a 3.

Querrey reagiu no começo do segundo set e chegou a abrir 4 a 1, mas Cilic não se abateu. O croata buscou a virada e quebrou Querrey no 12º game para vencer a parcial por 7 a 5 e fechar o jogo.

Federer e Cilic se enfrentaram sete vezes no circuito profissional, com seis vitórias para o suíço. O único triunfo do croata veio justamente na semifinal do Aberto dos EUA de 2014, quando foi campeão. 


Sexta, 14/7/2017 15:48.




publicidade




Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br