Jornal Página 3
Coluna
Viagens & Turismo
Por Marcos Vinicios Pagelkopf

Pré lançamento do Caminho de Santa Paulina

Olá meus amigos e leitores da coluna Viagens & Turismo.

Na última postagem comentei do caminho de Santa Paulina e do desejo de montar esse circuito. Foi um grande desafio que está dando resultados.
 
Depois de 45 dias de muitas ações e experiências junto com meus amigos, Isaque e Marco Badeco, conseguimos apresentar um roteiro onde tem belezas naturais, boas estruturas para acolher, gastronomia e qualidade no atendimento aos peregrinos fugindo sempre das rodovias, respeitando o caminho original da comitiva que percorreu essas trilhas na inauguração da igreja de Camboriú, em meados dos anos de 1899 a 1900.
 
 
Antes de apresentar como participar e o que tem no Caminho, quero deixar meus agradecimentos pelo apoio e presença no dia 05 (dia em que oficializamos o circuito turístico Caminho de Santa Paulina) em particular a irmã Anna Tomelini Diretora do Santuário de Nova Trento, aos secretários dos municípios onde passa o caminho, as empresas de turismo, aos guias da Aguitur, a imprensa que está colaborando para divulgação desses atrativos.
 
 
Meu muito obrigado também aos administradores da Fazenda Caetés, a meu amigo de infância e colaborador ativo para realização do evento de abertura, Patrick Machado, a diretora do turismo de Camboriú juntamente com os produtores rurais que apresentaram um show gastronômico, ao Dedi e sua equipe que nos proporcionou um almoço digno e saboroso na chegada dos primeiros 12Km e também ao novo empresário do turismo o senhor Pedro Paulo Laus, da Pousada modelo em Tijucas.
 
 
Existe atrás dos grandes montes de Camboriú um caminho em que a fé e a determinação levará você a sentir experiências marcantes e únicas.
 
Um caminho coberto pela mata atlântica que leva você de um santuário ecológico ao santuário religioso em Nova Trento. Esse circuito passa por Camboriú, Tijucas, Canelinha, São João Batista finalizando em Nova Trento.
 
Tem o lado cultural forte e vivo na leitura das construções, nas formas e cores, além do dialeto marcante juntamente com o carisma desses descendentes de imigrantes italianos, trentinos e também austríacos.
 
O circuito tem seu traçado por lugares bucólicos cheios de energia, onde a mata atlântica dá seu show com cheiros, sons e tons de verdes. O ambiente rural é apresentado em cada metro, o circuito está sendo programado com paradas estratégicas nos sítios que abrem as portas para atender os visitantes. São propriedades com pomares enormes, pousadas que antigamente eram estufas de fumicultores, restaurantes ao ar livre e o lado da fé que é o apelo principal desse Caminho.
 
 
Descobrimos no traçado do caminho os parentes da Madre Paulina, e ouvimos histórias de como era a vida da Santa na terra.
 
É quase impossível explicar e tentar passar as emoções e as experiências, é melhor você vir conhecer, viver e sentir o que temos de novo em nossa região.
 
Nesse caminho a fé supera os limites, você se encontra e sente os sabores da liberdade, da aventura segura e contagiosa.
 
 
Venha conhecer o Caminho oficial de Santa Paulina.
Venha viver essas emoções.
 
Escrito por Marcos Vinicios Pagelkopf, 09/05/2017 às 12h01 | mvpagelkopf@gmail.com

publicidade





publicidade









Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br