Jornal Página 3
Coluna
Céres Felski
Por Céres Fabiana Felski

Sobre fé e crimes

Não consigo me conter. Preciso falar de novo, gritar pra ver se alguém ouve. Até quando teremos crimes cometidos pela fé? Não consigo entender. Juro. Que Deus é esse (seja ele muçulmano, católico, evangélico, umbandista, o que for) que exige sacrifícios humanos? Que Deus é esse que precisa humilhar, subjugar? 

Há uma necessidade absurda de se ter razão. Notem que as verdades absolutas individuais não precisam apenas ser aceitas pelo indivíduo, mas reconhecidas pela sociedade como um todo para que estejamos satisfeitos. Ou seja, precisamos impor a nossa opinião. Não conseguimos mais respeitar o espaço do outro, a opção do outro. E ainda alguns utilizam o famoso "livre arbítrio" para justificar suas acusações. Ora, se eu posso usar o livre arbítrio para me expressar, por que o outro não pode? Ou, se o outro tem o livre arbítrio para decidir pecar (segundo as minhas convicções), por que eu não uso o mesmo livre arbítrio para não julgar? Por que, em nome de Deus, podendo amar, estamos escolhendo não apenas odiar, mas disseminar o ódio?

Sou obrigada a encerrar esta conversa com a letra da música escrita por Ricardo Arjona e que resume tudo:

"Jesus é Verbo, não substantivo
 
Jesus é mais que uma simples e uma humana teoria,
o que faz meu irmão lendo a Bíblia todo dia?
se o que está escrito se resume em amor, é melhor traduzir assim:
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus é mais que um templo de luxo com tendência barroca,
ele sabe que a riqueza da alma é o maior dos tesouros
se você quer saber a verdade procure a resposta no seu dia-dia
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus é mais que um grupo de senhoras de pesada consciência
que querem ir para o céu pagando penitências,
falando da vida alheia, ditando o que é certo, fazendo intrigas
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus merece bem mais que palavras bonitas
ele sabe de tudo o que existe por detras das cortinas.
Jesus é mais que uma imagem no altar pra salvar os pecados:
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus transformará em atos todos os sermões,
ele sabe que o inferno esta cheio de boas intenções,
ele sabe das armas que matam, que cravam espinhos em nome da rosa:
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus não entende porque os poderosos lhe aplaudem,
não sabe porque a esperança é amiga da fraude,
será que Jesus bate palma pra quem fica rico explorando a fé?
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Senhores, não dividam a fé, as fronteiras são para os países.
Neste mundo há mais religiões que meninos felizes.
Jesus se torne mais visivel
e deixe que os cegos lhe toquem as mãos, 
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus não me sinto vestido com o amor que te professo,
eu tenho a consciência tranquila por isso não me confesso.
Rezando 2 padres nossos um assassino não revive seus mortos,
Jesus meus irmãos é verbo não substantivo.
Jesus não desça ainda na Terra, fique no paraíso
porque todos que pensaram como tu não acharam saída,
tentaram mudar esse mundo mas foram vencidos pelos leões
morreram com sorrisos nos lábios porque foram VERBO não SUBSTANTIVO."
Escrito por Céres Fabiana Felski, 03/10/2017 às 10h52 | cereshmrc@gmail.com

publicidade





publicidade









Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br