Jornal Página 3
Coluna
Mobilidade Urbana BC
Por Henrique da Silva Wendhausen

As novas ideias não podem parar no tempo

Nestes dois seminários, 2013 e 2014, sobre mobilidade urbana que a ACBC realizou em parceria com o IFC, reuniu as pessoas interessadas em melhorar a mobilidade urbana das cidades de Camboriú e Balneário Camboriú.
 
Hoje colhemos os resultados mais que positivos das boas ideias daquela época. E afirmo isto porque temos uma estrutura cicloviária em desenvolvimento nestas duas cidades, mesmo porque devemos levar em consideração que são praticamente uma só. Sendo assim o que se faz para uma reflete automaticamente na outra, como uma extensão. 
 
Precisamos melhorar este sistema em muitos aspectos, mas já podemos falar que temos uma estrutura que nos ajuda a circular por ai sem precisar fazer o uso dos automóveis e por consequência, não ficarmos presos nos engarrafamentos do dia a dia. Isto por si só já pode ser considerada uma grande vitória, porque posso citar o nome de várias outras cidades, que mais ou menos na mesma época começaram com os mesmos objetivos que o nosso e não chegaram ainda a lugar algum. Exemplos, Blumenau, Joinville, Florianópolis e outras mais que não vem ao caso.
 
Mobilidade urbana já faz algum tempo é o assunto do momento, falar dela é o que dá ibope, tempo é dinheiro, mais do que nunca e ficar preso dentro de uma caixa sobre quatro rodas, mesmo que esta possua um ar condicionado e outras comodidades extravagantes, não nos levará a lugar algum, aliás leva, mas a um custo muito alto. E ficar preso no trânsito do dia a dia significa perder não só tempo, e desta forma temos que pensar em outras maneiras de nos locomovermos por aí. Não precisa ser um expert para saber que se uma cidade possui um meio de transporte público eficiente e uma malha cicloviária condizente com a sua realidade, como é o caso destas duas cidades, as pessoas automaticamente, vão migrar para estes dois modais sabendo dos benefícios que estes trarão para si. Desta forma, abrindo caminhos para todos.
 
Para encerrar, como no seminário lá atrás, temos que reunir as pessoas em prol de ideias que tragam benefícios para a sociedade como um todo, neste caso, para melhorarmos a maneira de como nos deslocamos por aí, tendo a certeza de que aqueles que não mudarem a sua maneira de se locomover pelas vias destas duas cidades, estarão fadados não só a perder tempo, mas dinheiro, saúde e qualidade de vida que é o que todos nós almejamos. 
 
 
 
Escrito por Henrique da Silva Wendhausen, 10/12/2016 às 17h34 | h.s.wendhausen@gmail.com

publicidade





publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Fale Conosco - Anuncie neste site - Normas de Uso
© Desenvolvido por Pagina 3

Endereco: Rua 2448, 360 - Balneario Camboriu - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br