Jornal Página 3
Coluna
Falando nisso
Por Marlise Schneider

Faltando luz no túnel e mais ação

 Essa situação catastrófica em que o país e os brasileiros se encontram acabou me contagiando, fiquei até sem vontade de escrever, coisa que curto fazer desde sempre...porque a gente não sabe mais o que dizer...cada dia uma nova paulada...não tem cerebelo que 'guenta' tanta porrada, né mesmo?

Sinceramente, eu ando bem preocupada com o futuro, com o que ainda vai desabar sobre nossas cabeças. Porque hoje temos um bando de larápios da mais fina estirpe enjaulados...outros tantos querendo endurecer o dedo pra amenizar os anos de cadeião...ainda tem aqueles que deduraram e seguem curtindo férias no exterior...um ex-presidente com pedido de prisão decretado...o atual presidente pendurado, apenas sobrevivendo e podendo cair a qualquer momento...junto com a outra ex-presidente...

Só se fala nisso. O que devemos fazer? Como proceder? Como saber o que vai acontecer? Se parar, o bicho pega. Se correr, o bicho come. Mas não pode tudo ficar parado. É preciso resolver.

Meu cumpadi que mora em São Paulo tá se mudando pra Portugal. Encheu os tubos. Meu irmão só fala que daqui a pouco vai morar no Uruguai, já tá ali pertinho...e aí?

Onde buscar ânimo se não se vê uma luz no fim do túnel?

O jeito é tentar seguir em frente desviando o rumo do pensamento. Pensar em outras coisas. Fazer outras coisas. Por exemplo: hoje começa a Semana do Meio Ambiente. É um bom exercício, pensar de que forma estamos fazendo a nossa parte. Estamos fazendo? É preciso acabar com a teoria...a palavra conscientização já encheu os tubos...todo mundo está consciente, mas tem que agir, na prática, porque a situação está bastante assustadora.

Hoje comecei o dia pensando nisso. Há muitos anos fazemos separação de lixo aqui em casa. Juntamos pilhas usadas. Guardamos material eletrônico para descarte correto. Separamos oleo usado para levar em pontos de coleta. Mas ainda é pouco.

Hoje decidimos aumentar nossa atenção em favor do meio ambiente. Coisas pequenas, mas que na prática vão ajudar bastante. Na real é uma mudança de hábito. Por exemplo: por que comprar copos de plástico se podemos tomar água em copos de vidro?

Escrito por Marlise Schneider, 05/06/2017 às 13h56 | lisi@pagina3.com.br

publicidade





publicidade









Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br