Jornal Página 3
Coluna
Falando nisso
Por Marlise Schneider

As surpresas de Francisco

O Papa Francisco continua surpreendendo.

É intensa a repercussão que ele causou com a nomeação do pastor protestante Marcelo Figueroa, seu amigo de longa data, como editor da versão semanal argentina do jornal Osservatore Romano, órgão oficioso da Santa Sé, que será lançada em setembro.

Surpreendeu protestantes e católicos, mas causou reações estúpidas de alguns 'fiéis' que acharam que Francisco está transgredindo todas as leis religiosas e do bom senso. Classifico essas pessoas como conservadoras da igreja católica. Preocupadas com a abertura que o Papa vem dando aos evangélicos no ano das comemorações dos 500 anos da Reforma de Lutero, que o mundo lembrará no dia 31 de outubro. Como se os tempos não tivessem mudado. Cheira a provincianismo. Ou falta de fé.

Fico perguntando aos meus botões, como pessoas assim podem falar em paz espiritual, em união dos povos, em fazer o bem ao próximo e eles não me respondem...

Acho que o Papa está no caminho certo.
Acho que mais novidades virão.
Acho que logo, logo vai anunciar que os padres católicos vão poder casar. Já posso imaginar as reações...
Acho que...deixa prá lá...

Escrito por Marlise Schneider, 06/01/2017 às 10h09 | lisi@pagina3.com.br

publicidade

Mudanças e lembranças

Mudanças sempre são benvindas, elas fazem parte da festa da virada, impostas ou não elas fazem parte da vida de todos nós. Algumas são melancólicas. Outras promissoras. Outras geram grande expectativa. Mas de um modo geral elas são sempre aguardadas. 

No último sábado, por coincidência o último dia do ano, enquanto preparava a festa de Reveillon, como fazemos todos os anos, atendi muitos telefonemas, de assinantes do Página 3 que estavam 'perdidos'...alguns continuavam esperando a chegada do jornal como acontecia aos sábados há 25 anos. Passei boa parte do dia explicando, justificando e dizendo que o jornal mudou, acompanhando a evolução digital, porque a demanda assim exigiu, mas que o impresso continuará mensal, sempre no último sábado do mês. "Mas o que fazer nos outros sábados", perguntou uma assinante. Uma ideia é aderir à mudança, aceitá-la, conferir as notícias no Página3 online. "Mas no jornal mensal vai ter um resumo de tudo que aconteceu naquele mês", perguntou outra leitora. 

Durante a semana sigo recebendo telefonemas e emails sobre o mesmo assunto. Um deles é do assinante Vanderley Heinzen, que escreveu: 

"Sou assinante do Jornal Página3 há vários anos...Mesmo concordando e vendo que a era digital veio para ficar...Mas neste último sábado 31/12 senti a falta de: "levantar, por água p/fazer o café, desligar o alarme na casa, ir no jardim pegar o jornal p/ ler...assim fico tomando um chimarrão (que faço normalmente somente aos sábados pela manhã). Nesta semana..."FALTOU ALGO...".

Pois digo ao Vanderley e aos demais que se manifestaram, que também estou atrapalhada...também interrompi uma rotina de mais de duas décadas, também senti falta de ler o Página3 no papel (mesmo escrevendo, revisando tudo antes de mandar para gráfica, é um hábito me transpor para o 'outro lado' e ler o jornal com olhos de leitor...a diferença é grande, podem crer!). 

Então são mudanças que vieram e exigem um tempo.

Este ano começou com muitas mudanças.

Temos um novo governo que anunciou Novas Ideias, portanto mudanças. Estamos atentos. De fato, a cidade precisa delas. Mas quem assumiu também precisa de um tempo para promovê-las. 

Temos um Legislativo 'meio' novo, agora com 19 vereadores e uma nova direção. Mudanças à vista. 

E outras...muitas outras que virão.

Segredinho: com boas lembranças, mais fáceis serão as mudanças! 

Escrito por Marlise Schneider, 04/01/2017 às 11h18 | lisi@pagina3.com.br

publicidade

É preciso aproveitar o momento!

Nossa praia que já está muito doente, sofreu mais um forte abalo neste final de semana. Já vi acontecer em outras ocasiões mas essa foi a maior que já vi.

A beira mar desapareceu, se não fosse o paredão de concreto e a falta da vegetação nativa (aquela espinhenta que obrigava as pessoas a ir para praia calçadas) seria possível imaginar uma 'volta ao passado'...porque as fotos de meio século atrás mostram exatamente isso, areia e mar.

Por conta desse fenômeno, a 'invasão' do mar foi o assunto em todas as rodas...uns dizendo que "é o mar buscando de volta o que tiraram dele'...outros diziam que "a lua está mais próxima da terra e promove esse tipo de reações"...ouvi também que "é a resposta da natureza aos abalos que o homem está provocando", "que alargar a nossa faixa de areia se tornou mais do que necessário e urgente,...

Hoje cedo fotografei a beira mar, parte dela ainda com muita areia, caminhões tirando a areia sobre a avenida...e aí está minha interrogação: para onde vai toda essa areia? Todos os dias estamos tirando areia e mais areia da praia...para onde vai? E a falta de ela vai fazer na orla! Sob alegação de 'limpar' e 'oxigenar' a areia, todas as noites passam por ela caminhões e patrolas levantando areia, que não volta mais.

É um problema antigo, sério e que está sem solução.

É preciso aproveitar esse momento e pensar em soluções antes que seja tarde demais, porque o assunto exige, é sério e compromete o turismo e, por consequência, todos que dele sobrevivem.

Escrito por Marlise Schneider, 31/10/2016 às 11h18 | lisi@pagina3.com.br

publicidade

A ESCOLHA CERTA

É surpreendente nessa reta final de campanha, os destemperos surgindo de tudo que é lado.

Nos bastidores, sacanagens, filminhos nas redes, detonando esse ou aquele, agressividade rolando solta. E pior do que isso, pessoas de boa convivência agora se agredindo, só porque vão votar em candidatos diferentes. Cada um quer que o outro vote no seu candidato. Que coisa mais tosca, mais burra. Cada um faz sua escolha. Cada um vota em quem achar que é melhor, mas daí a sair atirando em quem não concorda ou fazer cara feia porque estão em 'lados opostos'...é demais!

Engraçado que...

TODOS são a favor da democracia...

TODOS apostam em ficha limpa..,

TODOS são contra corruptos...

TODOS tem a melhor opção...

TODOS querem o melhor para Balneário...

TODOS tem as melhores propostas...

No entanto, se eu não tivesse absoluta convicção do meu voto, estaria atrapalhada com tanta promessa, tanta mentirada, tanta baboseira que vi nesse curto espaço de tempo...

Importante é fazer a sua escolha de forma consciente e segura e confiante.

Esse é o exercício da democracia.

Ela só existe porque podemos escolher.

Então pense nisso, em fazer a escolha certa para Balneário Camboriú.

Eu já fiz a minha!

 

Escrito por Marlise Schneider, 28/09/2016 às 16h45 | lisi@pagina3.com.br

publicidade

A novela acaba hoje?

 

 

Dia desses num mercado um homem foi pego roubando uma barrinha de cereal. O gerente segurava o homem pelo braço, juntou gente e não sei o que mais aconteceu, porque fui embora.

Mas aquela cena ficou na cabeça. Não, não sou a favor de quem rouba barrinha de cereal, mas fiquei com uma revolta quando transportei aquela cena pros altos comandos do país, gente que faz as leis desse Brasil varonil, enfiando a mão na massa, roubando onde pode e onde dá, e nunca eles fizeram nada disso, sempre é culpa da imprensa que fica aí denunciando mentiras de pobres inocentes...

Hoje é mais um desses dias de sacrilégio. Há não sei quanto tempo estão falando nesse dia, ou melhor nessa noite. Não dá mais pra aguentar o julgamento do Cunha. Vão cassar? Esta será uma noite teatral, discursos a favor, contra...e enquanto eles fazem o espetáculo, nós continuamos correndo atrás, se equilibrando sobre uma economia instável...sem ver a luz no túnel.

É muito triste.

 

Escrito por Marlise Schneider, 12/09/2016 às 11h39 | lisi@pagina3.com.br

publicidade

Tudo parado. De novo


Depois do espetáculo olímpico que durou duas semanas e que empolgou quem curte e até quem não curte esportes, começa hoje outro espetáculo - show da vida - lá nos confins do planalto, com direito a muro e tudo o mais.

Nunca esquecendo que nós estamos pagando tudo isso e ainda temos que assistir políticos nojentos, corruptos e sujos posando de salvadores da pátria! Uma palhaçada! Que dá Ibope né?

Enquanto os engravatados, ilustres senhores que decidem as coisas nesse país estão lá promovendo esse espetáculo grotesco por vários dias (com seus salários maravilhosos garantidíssimos) nós continuamos ralando, driblando a crise, tentando não afundar com ela...e rezando para que as coisas voltem a caminhar pra frente, torcendo para que o país encontre seu rumo. Sim, porque enquanto durar esse espetáculo tudo pára, o país pára e nós? Assistimos.

 

Escrito por Marlise Schneider, 25/08/2016 às 09h01 | lisi@pagina3.com.br

publicidade





1 2 3 4 5 6 7 8

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br