Jornal Página 3
Coluna
Conteúdo Sustentável
Por Conteudo Sustentável

Uma empresa mais sustentável! Por onde começar?

Uma grande preocupação das empresas que querem, de alguma forma, se tornar mais sustentáveis, é saber por onde começar.
 
Realmente é uma questão um tanto complexa para gestores que estavam acostumados a pensar:  Gerar lucro para os acionistas é a principal razão de existir de uma empresa.
 
Essa ideia não está de toda errada, caso contrário, ninguém mais abriria uma empresa. O problema é o gerar lucro a qualquer custo, sem tomar as responsabilidades para si. Essa sim é a ideia errada.
 
A transformação de uma empresa é um processo muito lento, isso acaba desanimando alguns gestores. A empresa tem que ter em mente que é uma tendência que não tem volta. Empresas que não adequarem seus processos, não conseguirão competir num futuro próximo.
 
Ser uma empresa inteligente é começar hoje, mesmo que de forma mais lenta, a modificar suas verdades. Não esperar uma lei nova que, em um prazo curto, obriga empresas a modificarem toda sua estrutura. Muitas não possuem recursos financeiros para uma adequação rápida.
 
Então, comece hoje!
 
Analise todos os processos, a  cultura organizacional, o relacionamento com clientes, fornecedores, funcionários, comunidade, meio ambiente, governo, enfim, a análise vai mostrar em que ponto a empresa se encontra e depois é só decidir onde ela quer chegar.
 
O caminho entre os dois pontos é o trabalho mais complexo que demanda tempo, reflexões, conscientização, conversa, atitude e muita força de vontade.
 
Cada objetivo pode ser dividido em várias tarefas, isso ajuda a ver a evolução do conceito sendo aplicado. Também unir os departamentos para conversar é uma boa ideia, já que cada um tem um ponto de vista, você consegue ter a visão da sua empresa como um todo.
 
Para montar os relatórios, você precisará de uma equipe unida e que entenda a importância do processo.
 
Não vamos nos enganar, sim, é trabalhosa a transformação, mas recompensadora quando os frutos começarem a aparecer!
 
O importante é essa nossa visão de mundo, visão responsável pelo espaço que ocupamos, visão de humanidade e de responsabilidade.
 
Sua empresa é muito importante para a sustentabilidade e, utilizar a responsabilidade socioambiental como estratégia dela, é uma ótima escolha que demonstra a maturidade dos seus negócios.
 
Janet Carolina
 
Texto originalmente postado no Blog da Conteúdo Sustentável.
Escrito por Conteudo Sustentável, 09/09/2015 às 10h34 | contato@conteudosustentavel.com

publicidade

A tecnologia e o seu negócio

Deixa eu adivinhar… você tem um Smartphone e não consegue mais viver sem?

Faz as transações bancárias pelo seu computador?

A nota fiscal na sua empresa já é eletrônica?

Pois é, a tecnologia veio para ficar!

Quantas vezes você parou para pensar sobre como a tecnologia afeta todo o seu dia a dia?

Você consegue lembrar como a mudança aconteceu?

Em um instante atrás ainda vendíamos “fiado” e hoje a burocracia para se manter em dia com as obrigações legais nos fazem trazer a tecnologia para dentro de nossos negócios.

Como isso pode impactar todas as nossas atividades? E como isso tem relação com a sustentabilidade?

Através da tecnologia as coisas irão mudar rapidamente. Negócios que eram fundamentais para nossa sociedade, como a indústria do petróleo, vão perder espaço até não existirem mais. Por quê? Porque nossa consciência de preservação, aliada com novas tecnologias, fará com que alguns modelos de negócios desapareçam e que surjam novas formas de se fazer negócio.

Como anda sua visão empreendedora nessas questões?

A tecnologia irá mudar nossa forma de enxergar a vida. Se isso vai ser bom ou ruim vai depender de como a usaremos. Mas de qualquer forma, para se manter no mercado, os negócios vão precisar se reinventar.

Serviços como Uber e Airbnb serão cada vez mais comuns e não adianta bater o pé, esse futuro já está debaixo do nosso nariz, só não pensa sobre isso quem não quer.

Acreditamos que de certa forma é um passo muito positivo para um futuro mais sustentável, mas precisamos de muita ética e responsabilidade nos tempos que virão.

Pense sobre isso!

Janet Carolina

Escrito por Conteudo Sustentável, 02/09/2015 às 09h05 | contato@conteudosustentavel.com

publicidade

Qual é o futuro do seu negócio?

  

Olá! Estamos mais uma vez por aqui para compartilhar algumas reflexões sobre a sustentabilidade e negócios.

Nós, da Conteúdo Sustentável, acreditamos que o futuro pertence às empresas que incorporarem a sustentabilidade em seus negócios. Por quê?

Porque o mundo está entrando num movimento de preservação da nossa espécie, de equilíbrio, de luta pela paz. Isso tudo para que nosso planeta se sustente de forma saudável.

A luta é grande, mas a tendência é essa! Mais gente está entendendo que o caminho para um mundo melhor é o respeito pelas pessoas e pelo meio ambiente.

Como sua empresa está posicionada frente a esse cenário?

Essa reflexão propõe uma mudança de rumo para seu negócio, ainda dá tempo de mudar.

É tempo de se adaptar e de ter uma estratégia empresarial conduzida de forma ética e responsável, de ser uma empresa referência de boas práticas e de excelência no que faz.

A sustentabilidade é isso: Gerar lucro através do valor gerado para a sociedade. Quanto mais responsável  e com uma visão a longo prazo é o seu negócio, mais chances ele tem de ser exemplo de empresa séria, confiável e única.

Sustentabilidade é ter inteligência em negócios, é ter empatia pelo ser humano, é ter responsabilidade pelo uso dos recursos naturais. Sustentabilidade nos negócios é ter equilíbrio. O que você está esperando para incorporar a sustentabilidade na sua estratégia?

Tempos de crise são oportunidades para se reinventar, para inovar e para crescer. Comece hoje mesmo a rever suas escolhas e seus planos, comece hoje mesmo a fazer a diferença.

Janet Carolina

Escrito por Conteudo Sustentável, 20/08/2015 às 08h40 | contato@conteudosustentavel.com

publicidade

O poder da loucura!

 
No post dessa semana quero compartilhar um texto que escrevi no início de 2013. Esse texto traz uma reflexão com base no livro “Você está louco! Uma vida administrada de outra forma” de Ricardo Semler.
 
Pensei nesse assunto porque acredito combinar com o momento que vivemos hoje. Um tempo que é necessário se reinventar, reinventar nossos modelos de negócios, reinventar processos. 
 
Outra palavra que usamos com frequência e, muitas vezes, não sabemos o que fazer com ela, é a palavra “inovação”. Para inovar precisamos enxergar além do que costumamos ver, precisamos interligar informações e áreas do conhecimento.
Precisamos entender que todos são importantes no processo da mudança. Para você criar um negócios inovador você precisa ser um pouco louco.
 
Bom, deixo você com a reflexão sobre o livro. Espero que ela lhe inspire no processo de mudança! :)
 
Você está louco!!
 
Essa frase é bem conhecida para quem aprecia as obras de Ricardo Semler.
 
“Você está louco” é o nome de um dos livros dele que ao final faz você refletir sobre como está levando a sua vida, que importância você dá aos momentos de lazer e o quanto você faz pelo seu bem-estar e saúde.
 
Não, ele não é um livro de autoajuda, para mim está entre um dos melhores livros de administração.
 
O poder da loucura está no fato de não fazer apenas o que é usual ser feito, é saber que as leis trabalhistas dispõem o mínimo que uma pessoa precisa para não ser “escrava” do trabalho, mas que não contemplam todos os campos de uma vida mais saudável e feliz.
 
O grande problema em fazer mais para todos é que a mudança, nesse caso, deve começar em quem “manda” na empresa. Os casos de Semler deram certo porque ele tem essa visão ousada e pode colocar em prática nos seus negócios. O desafio é fazer com que empreendedores, acionistas, diretores e administradores consigam enxergar com outros olhos as mudanças que precisam ocorrer para uma melhor qualidade de vida da comunidade em geral.
 
Por que você acha que, sob a gestão de Semler, os rendimentos cresceram de quatro milhões de dólares, em 1982, para 212 milhões de dólares em 2003? Porque ele viu que as coisas precisavam mudar e que funcionários com liberdade tinham mais responsabilidade.
Realmente você precisa ser um pouco louco para por em prática ideias loucas.
 
Com certeza algumas darão certo, outras darão errado, outras no começo serão o máximo e depois irão perder a graça.
Mas o importante é nunca se acomodar!
 
Olhar em volta e ver a necessidade dos outros, pensar em novas ideias para modificar situações, fazer negócios mais responsáveis e sustentáveis são atos de amor.
 
Amor é o que está faltando no mundo.
Um pouco de loucura não faz mal a ninguém, isso dá um sabor doce na vida.
Leitura super recomendada: Você está louco! Uma vida administrada de outra forma. – Ricardo Semler.
 
Janet Carolina
 
Escrito por Conteudo Sustentável, 13/08/2015 às 11h11 | contato@conteudosustentavel.com

publicidade

O que é sustentabilidade empresarial?

 
Você ainda acha que sustentabilidade empresarial é um bicho de sete cabeças e que isso é assunto para ativistas? Então, leia o texto abaixo para descobrir que sustentabilidade é um tema atual que veio para mudar a forma de se fazer negócios.
 
Até muito pouco tempo atrás eu nunca tinha ouvido falar em sustentabilidade e pode até ser que tivesse visto o termos em algum lugar, mas jamais tive a noção da grandeza até começar a estudar sobre ela depois de ter aberto meu primeiro negócio.
 
Na faculdade, que eu terminei no final do 2008, tive apenas uma matéria sobre responsabilidade social e, ainda assim, não tive noção do que era a sustentabilidade empresarial em toda sua abrangência.
 
Em 2010, ao abrir meu primeiro negócio, eu comecei a me interessar sobre o tema aplicado a condomínios, já que minha ideia de negócio era a administração de condomínios. Com isso, fui pesquisando, fui me interessando e aprendendo, aos poucos, o que é a sustentabilidade.
 
O tempo passou e eu continuei estudando sobre o assunto. Então, conheci os Balanços sociais, Balanços socioambientais e os Relatórios de sustentabilidade. Fui trabalhar em uma empresa onde pude colocar em prática o que aprendia no meu MBA.
 
Era tarde demais, me apaixonei pelo assunto e pela possibilidade de ajudar empresas a mudarem suas realidades, melhorarem a vida dos que fazem ela funcionar, praticarem a responsabilidade em todos os seus sentidos.
 
E ao final, aqui estou hoje, trabalhando com muito amor na Conteúdo Sustentável para que você também possa entender que sustentabilidade tem a ver com negócios, que ela é uma forma de gerenciar, que ela precisa estar na estratégia e que ela é a única forma saudável de manter uma empresa.
 
Por saber o quão reduzido é o material sobre o assunto, sei que você pode ser uma pessoa que ainda não entende muito bem como a sustentabilidade pode estar integrada aos negócios e eu vou tentar abordar esse assunto da forma mais simples possível.
 
A sustentabilidade está fundamentada em um tripé que tem como pilares a parte econômica, a social e a ambiental.
 
A sustentabilidade empresarial trabalha estas três áreas dentro de uma empresa e, se um lado for negligenciado, a estrutura pode vir abaixo.
 
Claro que, dependendo do ramo da sua empresa, ela terá mais demanda e responsabilidade de cuidar de algum pilar específico, mas apesar disso, ela não pode fechar os olhos para os outros pilares.
 
Um banco, por exemplo, pode ter mais responsabilidade de trabalhar o lado econômico porque faz parte do produto deles, eles têm a responsabilidade de zelar pela economia saudável de sua comunidade. Um banco não pode deixar de olhar para o pilar ambiental e, portanto, vai promover ações necessárias, mas não tem a responsabilidade que uma empresa de produtos químicos têm, por exemplo.
 
Cada empresa precisa se conhecer e analisar seus impactos positivos e negativos perante seu público interno e também seu público externo. Para entender melhor você precisa aprender a conversar com os envolvidos nas operações de sua empresa, eles têm uma outra visão do negócio e podem ter coisas interessantes a dizer.
 
Inserir a sustentabilidade na gestão empresarial significa respeitar as relações. Ouvir colaboradores, clientes, fornecedores, entre outros. Promover a qualidade de vida, incentivar a conscientização para coisas boas, preservar o meio ambiente, respeitar as legislações, fazer negócios inovadores que melhorem o dia a dia das pessoas, olhar para o ser humano como uma vida e não como um número para gerar lucro.
 
Tudo isso faz parte de uma empresa sustentável. Se você é uma pessoa do bem, não tem como não compreender a importância dela para os negócios. Fazer a coisa errada dá mais trabalho do que fazer as coisas corretas, isso é uma certeza de uma ex-contadora que já viu coisas nada legais.
 
Espero que, com estas poucas linhas, eu tenha conseguido despertar o seu interesse para a sustentabilidade empresarial. Não é coisa somente para ativistas, é uma coisa para quem quer mudar o mundo para melhor. Estamos caminhando para o caos e, se não mudarmos o rumo, as coisas irão piorar cada vez mais para as gerações que virão. Faça parte da mudança, transforme seu negócio na melhor versão que ele possa ser e conte com a gente!
 
Janet Carolina
 
Texto originalmente postado no Blog da Conteúdo Sustentável.
Escrito por Conteudo Sustentável, 05/08/2015 às 10h02 | contato@conteudosustentavel.com

publicidade

Novos horizontes!

 

 Olá!

Iniciamos esta coluna com muita alegria, sabendo que muita gente do bem está lendo e que pode se inspirar para fazer a diferença em nossa cidade, em nossa comunidade, em nosso mundo.

Queremos desmistificar o conceito de sustentabilidade e mostrar que ela é um caminho saudável e inovador para empresas que pretendem atuar por longos anos.

Tempos de crise são tempos de analisar o que já foi feito e procurar uma maneira nova de fazer as coisas. A criatividade faz parte dos nossos dias nos momentos difíceis e é com ela que conseguimos encontrar soluções inovadoras para problemas que pareciam tão grandes.

A sustentabilidade traz isso, um olhar sistêmico do seu negócio, da sua vida e de seus relacionamentos.

A sustentabilidade faz você prestar atenção em todos os aspectos que precisam ser cuidados para que você e sua empresa se sustentem ao longo do tempo.

Para isso, temos os três pilares básicos: Econômico, Social e Ambiental. Se qualquer um dos lados for deixado de lado, a sua estrutura não está bem fundamentada.

Com o tempo vamos conversar sobre cada pilar, sobre formas de ser mais sustentável, sobre a responsabilidade que cada um tem com o espaço que ocupa e sobre utilizar a sustentabilidade como ponto de partida para a inovação de seus negócios.

Por hoje, queremos deixar um gostinho de que é possível, sim, ser ético, coerente e responsável e ainda ter negócios que façam a diferença e que gerem retorno financeiro.

A sustentabilidade e o lucro não são excludentes, são complementares. Quanto mais você entender que sua empresa é um organismo inteiro e não pedaços compostos por departamentos, mais você vai encontrar soluções inteligentes e inovadoras. Isso fará com que seus negócios tenham equilíbrio. Equilíbrio é fundamental para uma vida saudável!

Se você tiver alguma dúvida ou sugestão de pauta, nos mande um e-mail! ;)

Até a próxima!

Janet Carolina

Escrito por Conteudo Sustentável, 29/07/2015 às 16h30 | contato@conteudosustentavel.com

publicidade





publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br